Workshop: Funcionamento de uma ETA

No dia 21 de maio a turma A do 8 º ano de escolaridade participou num workshop com a temática “Funcionamento de uma ETA”, dinamizado pela Doutora Dulce e Doutora Ana Paula, docentes e investigadoras do Departamento de Química da Universidade do Minho.

Os alunos aprenderam que as estações de tratamento de água usam filtros e vários produtos químicos para limpar a água que é distribuída pelas nossas casas. A água captada de rios ou albufeiras contém muito material indesejável, tal como folhas, peixes, lodo, muitas bactérias e, infelizmente, cada vez mais lixo. Para chegar potável às casas, a água passa através das estação de tratamento de água (ETA), onde existem várias fases de limpeza, como a decantação , a filtração, a adição de cloro e flúor, entre outras.

OS AÇÚCARES ESCONDIDOS (Dia Nacional do combate à obesidade)

No âmbito da comemoração do Dia Nacional do Combate à Obesidade, assinalado no dia 18 de maio, realizou-se uma campanha de sensibilização intitulada “Os açúcares escondidos”, que pretende alertar para a quantidade de açúcar que se encontra nas bebidas mais consumidas pelos nossos alunos.

Temos de encurtar o consumo de alimentos com elevado teor de açúcar, pois uma das consequências direta é a obesidade, que é considerada pela Organização Mundial de Saúde como a epidemia global do século XXI, já que é uma doença crónica e complexa, com uma prevalência crescente em todo o mundo.

Olimpíadas de Química Júnior 2019

No dia 6 de abril decorreram as Olimpíadas de Química Júnior 2019 no departamento de Química da Universidade do Minho.
Nas fotos, a equipa participante na prova realizada no laboratório,  no anfiteatro e com o professor acompanhante, Gil Nunes.
Muito OBRIGADA pela vossa participação e até para o ano.

Jovens Detetives do Ambiente

No dia 15 de maio, a nossa escola recebeu a associação ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável, que desenvolveu com a turma 6ºA e os alunos do Clube da Ciência, o Projeto IZ – Jovens Detetives Ambientais.

Este Projeto desenvolveu-se em três fases: exposição sobre a temática dos rios e ribeiras, decorrida na nossa escola na semana de 11 a 15 de março, uma sessão teórica, sobre a mesma temática, realizada no anfiteatro; e uma aula prática em que os alunos tiveram a oportunidade de ir para o terreno “investigar” as características da Ribeira de Abação. Estas últimas duas fases decorreram no passado dia 15 de maio.

Pretendeu-se desta forma incentivar os alunos a adotarem um olhar crítico sobre a realidade ambiental local, em particular sobre os fatores de insustentabilidade e de degradação dos recursos naturais, focando-se na necessidade de valorização dos ecossistemas ribeirinhos, na sua importância para o ciclo da água, na importância da prevenção da poluição das massas de água e da utilização sustentável da água.

Os nossos Jovens Detetives Ambientais ficaram a conhecer em pormenor a Ribeira de Abação, através de uma “investigação ambiental” muito emocionante e enriquecedora.

Soletrar Ciência

A final concelhia do concurso “Soletrar Ciência”, que visa aumentar o vocabulário, melhorar a pronúncia e a ortografia e aprofundar o conhecimento de conceitos científicos, realizou-se esta terça-feira, dia 14 de maio, no Auditório da Fraterna, com nove alunos dos vários agrupamentos escolares de Guimarães. A nossa escola foi representada pela aluna Lara Ferreira da turma 7B que garantiu o honroso 3° lugar e que, por isso, está de parabéns!!
Este ano, o programa do concurso incluía atividades científicas no Curtir Ciência antes da competição final.
Os alunos do clube da ciência da nossa escola participaram neste evento, apresentando a professores e alunos de outras escolas do concelho, a experiência científica “Pasta de dentes de elefante” e foi um sucesso!
Foi uma autêntica festa científica, no Centro de Ciência Viva de Guimarães!